Policial não pode ser tratado como homicida, diz Moro

O ministro ressaltou também que o projeto não prevê "licença para matar".

Por Redação 07/02/2019 - 13:11 hs

Depois de se reunir com deputados na Câmara para tratar do pacote anticrime na tarde da última quarta-feira (6), o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro afirmou à imprensa que 'ninguém' deseja a morte de criminosos.

Moro acrescentou, porém, que “se um incidente acontecer, o policial não pode ser tratado como homicida”.

O ministro ressaltou também que o projeto não prevê "licença para matar". Segundo ele, se alguém avalia desta forma “está fazendo uma leitura absolutamente equivocada, que não é consistente” com o texto apresentado.