Reforço na segurança contribui para redução de queimadas na região de Colniza

Levantamento demonstrou que no período de 16 a 27 de setembro, foram identificados 1.498 pontos de calor no município de Colniza, enquanto de 1° a 15 do mesmo mês, havia 2.132 pontos

Por Redação 28/09/2019 - 12:53 hs

Desde o dia 15 de setembro a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) realiza a etapa ostensiva da operação integrada Gold and Earth. A ação ocorre na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) 8, com foco nos municípios de Colniza e Aripuanã e Distritos de Taquaraçu do Norte, Guatá, Guariba e Conselvan. A partir deste período, houve redução de 42% nos pontos de calor na região, segundo dados do Comitê Temporário Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (Ciman) do Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT).

Foram montadas barreiras policiais, ação que, segundo o comandante do Comando Regional 8 da Polícia Militar, tenente-coronel PM Wendel Soares Sodré, inibiu a provocação de incêndios criminosos.

“Fizemos uma saturação em Colniza, que já marcou o reforço da presença do Estado na região, assim como o deslocamento para os distritos. Desta forma, conseguimos dar uma resposta eficaz quanto as questões ambientais, que estavam incomodando muito a população local”, ressaltou.

O levantamento demonstrou que no período de 16 a 27 de setembro, foram identificados 1.498 pontos de calor no município de Colniza, enquanto de 1° a 15 do mesmo mês, havia 2.132 pontos.

O reforço no efetivo da Polícia Militar (PM-MT), incluindo o Batalhão de Ronda Ostensiva Tático Metropolitana (Rotam) e Batalhão de Operações Especiais (Bope); da Polícia Judiciária Civil (PJC-MT); Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec); e Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT) também resultou na apreensão de seis armas de fogo e munições, quatro prisões por cumprimento de mandados e oito, em flagrante. Houve ainda apreensões de seis caminhões, um trator e uma caminhonete.

“A integração de instituições é uma característica da Segurança Pública em Mato Grosso. O Corpo de Bombeiros Militar atua na resposta, mas também pode atuar coibindo o delito, o que é facilitado pela parceria com as polícias”, destacou o comandante do CBM, Coronel BM Alessandro Borges.

A situação no local está estável, conforme avaliou o delegado regional de Juína, Carlos Francisco de Moraes. “O trabalho inicial da inteligência, com levantamento de informações foi muito importante, os resultados estão sendo positivos, as com as investigações em andamento, e o trabalho continua pelos próximos meses”.

A primeira etapa da operação, iniciada em 1º de setembro, consistiu no levantamento de informações por parte da inteligência. A Gold and Earth terá ainda outras fases, deflagradas de acordo com os resultados dos trabalhos dos órgãos de segurança envolvidos.

Os policiais também atuam em apoio às ações de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).